Mais de mil famílias estão sendo beneficiadas com a entrega de moradias em Manaus (AM), Botucatu (SP) e no Distrito Federal. Nas três localidades, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) autorizou a entrega das chaves de 1.012 unidades habitacionais nesta semana. Os imóveis são voltados a pessoas com renda familiar de até R$ 1,8 mil por mês. Juntos, os empreendimentos receberam um investimento federal de R$ 87,2 milhões.

“Toda semana, diversas unidades habitacionais estão sendo entregues pelo Governo Federal, além dos investimentos em outras áreas como saneamento básico e mobilidade urbana, por exemplo. É uma orientação do presidente Jair Bolsonaro para que possamos garantir dignidade e qualidade de vida à população que mais precisa. Também é uma forma de não pararmos a economia”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Em Botucatu (SP), o Residencial Cachoeirinha IV tem 240 unidades divididas em 20 blocos e custou R$ 21,3 milhões – incluindo contrapartida do governo estadual. Os investimentos da União foram de R$ 20,1 milhões. As moradias localizadas no bairro Jardim Ciranda têm 54,98 m² e possuem dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O residencial conta ainda com centro comunitário, salão de festas, churrasqueira, parque infantil e quadra de esportes.

Na capital amazonense, o Residencial Cidadão Manauara II dispõe de 500 moradias para famílias de baixa renda. O condomínio é dividido em 25 blocos de cinco pavimentos – são quatro apartamentos por andar, com 39 m². Foram investidos R$ 41 milhões pelo Governo Federal. O empreendimento possui unidades adaptadas para pessoas com deficiência e conta também com centro comunitário, quadra de esportes e parque infantil. Mais de 2 mil pessoas devem ser atendidas com a entrega – parte dos beneficiários é proveniente da área de um grande incêndio ocorrido em Manaus no último ano.

Já no Distrito Federal, 272 imóveis estão sendo entregues no condomínio Crixá III, em São Sebastião. São 17 blocos, com térreo e mais três andares. No total, os investimentos da União somam R$ 26,1 milhões. As unidades habitacionais são de 47,65 m² e possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O condomínio conta com estacionamento, área de lazer, centro comunitário e terá ainda uma escola pública.

Todos os empreendimentos dispõem de infraestrutura interna e externa, com redes de água, esgoto, drenagem, energia elétrica e iluminação pública, além de pavimentação e urbanização.

Mais investimentos

Só neste ano, o Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou a transferência de mais de R$ 1 bilhão do Orçamento Geral da União para garantir a execução do programa de habitação popular do Governo Federal. A maior parte dos recursos, R$ 740 milhões, foi destinada à continuidade das obras de 289 mil moradias para atender famílias da Faixa 1, com renda mensal inferior a R$ 1,8 mil.

Também foram entregues 134 mil residências para beneficiários do programa até o fim de maio. Desse total, 18 mil foram destinadas a famílias que mais precisam. Além disso, mais de 136 mil unidades habitacionais foram contratadas para as Faixas 1,5; 2; e 3. Elas são financiadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here